Fotografia: DM

Verde Cool gera impacto económico de meio milhão de euros

A Associação Empresarial de Braga contabilizou 70 mil clientes ao longo de um mês de promoção de menus.

Jorge Oliveira
18 Out 2022

A edição de 2022 do roteiro gastronómico Verde Cool gerou um impacto económico de cerca de 500 mil euros, em resultado de vendas diretas e indiretas de menus. O valor foi avançado ontem pelo diretor-geral da Associação Empresarial de Braga (AEB) na apresentação do balanço e entrega dos prémios da oitava edição do evento, no Vila Galé Collection Braga.

As vendas diretas de menus Verde Cool totalizaram 250 mil euros e as vendas indiretas (almoços, jantares adicionais ou venda de garrafas de vinho) mais 250 mil euros, segundo as estimativas reportadas à AEB pelos operadores.

«Meio milhão de euros é um número muito interessante para uma iniciativa que tem como principal missão estimular o consumo de vinho verde, mas também de promover os estabelecimentos de restauração», destacou Rui Marques, segundo o qual este roteiro também «consegue ter um impacto muito relevante na venda de vinho verde para os produtores».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up