Fotografia: Avelino Lima

Inauguradas obras de requalificação do agora Pavilhão Fernando Cepa

Requalificação permite dar mais condições às jovens que praticam andebol na equipa feminina do Centro Social Juventude de Mar.

Pedro Vieira da Silva
15 Out 2022

A freguesia de Mar viveu, esta tarde, um dia especial. E marcante. Foram inauguradas pelo presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, as obras de requalificação do Pavilhão Centro Social Juventude de Mar (CSJM) que, agora, passa a ser designado como Pavilhão Gimnodesportivo Fernando Cepa.

Pouco passava das 16h00 quando o padre Franklim Neiva Soares benzeu as novas instalações, sendo o ato seguido do descerrar de duas placas – uma na entrada do pavilhão e outra no interior –, sendo que, no primeiro momento, o pano que cobria o nome do nome de um dos fundadores do centro e que agora tem um pavilhão com o seu nome… não queria sair. Mas, depois de uma intervenção, o nome ficou visível, tendo o momento aplaudido pelos presentes.

Na cerimónia marcaram presença, entre outros, o presidente da Assembleia Municipal de Esposende (Carlos Silva), o vereador do desporto da autarquia esposendense (Rui Losa), o diretor regional do Norte do Instituto Português do Desporto e Juventude (Vítor Dias), o deputado Firmino Marques, o presidente da Associação de Andebol de Braga (Maniel Moreira) o presidente da União de Freguesias de Belinho e Mar (Manuel Abreu) e o presidente do Centro Social da Juventude de Mar (Estevão Abreu).

Este último foi o primeiro a usar da palavra, tendo recordado que o a instituição a que preside é «reconhecida e focada na área social, cultural e desportiva», sendo que o pavilhão serve «a freguesia e o concelho».

«Partilhamos o pavilhão com a nossa comunidade, com os alunos do 1.º Ciclo e com as nossas crianças que utilizam este espaço durante o ano letivo», disse, recordando que o CSJM é «um dos melhores centros de formação do país no andebol feminino».

«Somos o clube com mais títulos nacionais em desportos coletivos do concelho de Esposende. Estas melhorias trarão mais-valias para o ensinamento e crescimento de todos os nossos atletas e que eles continuem a elevar o prestígio alcançado», finalizou.

A obra tem um custo global de 120 mil euros (a CM Esposende comparticipou com 70 mil, o IPJ com 30 e os restantes 20 foram “fornecidos” pelo Centro Social da Juventude de Mar. 

«Bom exemplo de cooperação entre instituições, autarquias e governo»

O presidente da Câmara Municipal de Esposende, destacou a importância da obra, elogiado, ainda, a resiliência e determinação dos responsáveis do Centro Social da Juventude de Mar. «Podem continuar a contar connosco», destacou, ainda.

«Este investimento e esta obra que hoje (ontem) aqui inaugurámos é um bom exemplo da cooperação entre instituições, autarquia e governo», destacou.

«O senhor Fernando Cepa é um homem que serviu a sua comunidade de várias formas e também na condição de político. Merece esta homenagem», juntou, prometendo mais elogios para o jantar de homenagem que decorreu, horas depois, numa unidade hoteleira em Ofir.

Enumerou, depois, alguns números, destacando que em Esposende já se praticam mais de 20 modalidades, sendo que «apenas 300 dos 1.600 atletas federados são do sexo feminino».  O município esposendense investiu, no último ano, perto de 1,1 ME no desporto. 





Notícias relacionadas


Scroll Up