Fotografia: Avelino Lima

Novo comandante distrital de Braga da GNR quer melhores instalações

Carlos Nuno Morgado tomou posse esta quarta-feira.

Redação/Lusa
13 Out 2022

O novo comandante distrital de Braga da Guarda Nacional Republicana (GNR), o tenente-coronel Carlos Nuno Morgado, tomou posse esta quarta-feira. No seu discurso, o responsável apontou a melhoria das condições de trabalho, nomeadamente em termos de infraestruturas, como um dos seus «maiores desígnios».

Carlos Nuno Morgado sublinhou que terá sempre «o foco nas pessoas» e que vai ainda apostar na racionalização dos recursos humanos disponíveis. Em relação ao policiamento, advogou a aposta na prevenção e na proximidade, com especial enfoque nas pessoas mais vulneráveis.

Carlos Nuno Morgado sucede a Joselino Ferreira, que comandou a GNR de Braga nos dois últimos anos. O Comando Territorial de Braga tem a seu cargo uma área de policiamento com um total de 2 626 quilómetros quadrados, com quase 632 mil habitantes. Integram o dispositivo do Comando Territorial de Braga cinco destacamentos territoriais, um destacamento de trânsito e um destacamento de intervenção, articulados em 23 postos territoriais, um posto de trânsito, um pelotão de intervenção, uma secção cinotécnica e uma secção de explosivos. No total, o Comando Territorial tem um milhar de efetivos, entre militares e civis.





Notícias relacionadas


Scroll Up