Fotografia: Nuno Gonçalves

Engenharia Aeroespacial coloca mentes brilhantes em Guimarães

Aula inaugural de Engenharia Aeroespacial encheu o auditório nobre de Azurém da UMinho.

Rui de Lemos
8 Out 2022

A Escola de Engenharia da UMinho, em Guimarães, acolhe este ano «alguns dos melhores alunos do país». Todos integram a nova “coqueluche” da oferta formativa, a licenciatura em Engenharia Aeroespacial, com 30 vagas preenchidas e 18,62 valores como média mais baixa entre os colocados. Um feito que enche de orgulho os responsáveis da academia e da cidade.

Depois de um inicial «desejo tímido» e «algumas suspeitas de irrealismo», anos de trabalho e empenho de muitos, ontem, a Escola de Engenharia da UMinho (EEUM) celebrou «o orgulho e satisfação» de abrir portas à aula inaugural do curso de Engenharia Aeroespacial. Mas, mais que isso, «de termos aqui alguns dos melhores alunos do país», engrandeceu Pedro Arezes, presidente da EEUM. Falando perante os novos alunos e uma plateia de notáveis convidados, entre os quais o presidente da Agência Espacial Portuguesa e o ex- -ministro Manuel Heitor, o responsável acrescentou que se trata de «um curso especial», por vários motivos, envolvendo todos os 9 departamentos da EEUM.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up