Fotografia: DR

Cerca de 350 pessoas querem homologação do Caminho da Geira

Manifesto conta sobretudo com peregrinos portugueses e galegos, mas não só.

8 Out 2022

Um manifesto intitulado “Em defesa do Caminho da Geira e dos Arrieiros” já foi assinado por 350 pessoas, que pedem às autoridades galegas e portuguesas que «avancem decididamente no processo de homologação» deste itinerário jacobeu que liga Braga a Santiago de Compostela.

Os subscritores, sobretudo peregrinos portugueses e galegos, mas também representantes de associações, escritores, professores universitários, jornalistas ou autarcas, defendem que «o Caminho de Santiago é uma rede de comunhão de ideias, de economia e de cultura que une as capitais da Galiza e do Minho». «Uma rede que o Caminho da Geira e dos Arrieiros preservou e que um projeto transfronteiriço de associações e pessoas sistematizou e trouxe à luz do dia nas duas últimas décadas», lê-se no manifesto, lançado em setembro.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up