Fotografia: DR

Ponte de Lima vai candidatar a fundos europeus projeto de recolha de resíduos orgânicos

Num investimento de dois milhões de euros.

Redação/Lusa
3 Out 2022

A Câmara de Ponte de Lima vai candidatar a fundos comunitários, em 2023, um projeto de recolha de resíduos orgânicos, só possível após a aprovação, pelo executivo municipal, do tarifário daquele serviço, foi divulgado.

Contactado pela agência Lusa, a propósito da publicação, sexta-feira, em Diário da República (DR), da proposta de regulamento de serviço de gestão de resíduos sólidos urbanos, o presidente da Câmara de Ponte de Lima, no distrito de Viana do Castelo, explicou que aquele documento resulta de uma «imposição da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR) pelo município do município não cobrar tarifas de recolha de resíduos indiferenciados».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up