Fotografia: DM

FC Amares. Jogo quente teve final… explosivo

Penálti a favor dos forasteiros, muito contestado pelos locais, foi o “rastilho”.

Pedro Vieira da Silva
3 Out 2022

O FC Amares venceu, ontem, em Cabreiros, por duas bolas a zero, resultado que permite à turma amarense isolar-se no topo da Pró-Nacional (série A) da AF Braga. O jogo foi “quentinho” e teve um final.. explosivo.

A partida, diga-se, foi disputada até ao final… mesmo. Na primeira parte, destaque, apenas para um remate de Pedro Araújo, de cabeça, após um canto de Gostinho, mas Malhão segurou o empate. E, aos 41 minutos, na sequência de uma boa jogada coletiva, Liga assistiu Gostinho que viu Luiz Alberto, com um corte acrobático, evitar o 0-1.

Na segunda parte, o SC Cabreiros esteve, quase sempre, por cima, tendo criado algumas situações de perigo, mas sem incomodar, com destaque para um remate de Ukra, logo na abertura da etapa complementar, mas Vasco evitou o 1-0. O jogo, a partir desse momento, foi muito disputado mas raramente mal jogado: sucediam-se as faltas, algumas delas “durinhas”, os protestos e as picardias…

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up