Fotografia: DR

Exportações de bens a Norte aumentaram 19% no 2.º trimestre

Inflação do Norte situou-se em 8,2% no final do 2.º trimestre.

Redação/Lusa
30 Set 2022

As exportações de bens do Norte aumentaram 19% no segundo trimestre de 2022, comparativamente ao mesmo período de 2021, adiantou ontem um boletim divulgado pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-Norte).

«As exportações de bens do Norte aumentaram em termos homólogos 19% no 2.º trimestre de 2022, num contexto assinalado pelo aprofundamento da crise energética à escala mundial», lê-se no boletim Norte Conjuntura.

De acordo com o documento, a dinâmica de «incremento» foi também sentida nas importações de bens, que em comparação com o mesmo período de 2021, aumentaram 25,5% no período em análise. «Dado o crescimento significativo das exportações e importações, o valor total do comércio internacional do Norte registou uma aceleração no 2.º trimestre de 2022, numa conjuntura marcada pelo aumento dos custos de produção, devido ao encarecimento da energia, dos custos de transporte internacional e das matérias-primas», nota o documento, lembrando que o crescimento das exportações e importações resultou do aumento dos pre-os finais praticados no comércio internacional.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up