Fotografia: DM

Feira da Ladra promete muita festa e tradição a milhares de visitantes

Município investe cerca de 120 mil euros na atratividade da maior festa concelhia.

Rui de Lemos
24 Set 2022

A Feira da Ladra de Vieira do Minho retoma este ano a tradição para, ao longo de quatro dias de festa, celebrar o melhor que se faz e produz no concelho. A festa maior do concelho e um dos maiores cartazes culturais e populares da região volta a oferecer muita animação, música, exposições, concursos pecuários, mostra de produtos locais, cortejo etnográfico e as afamadas chegas de bois.

Depois de dois anos de interregno forçado pela pandemia, de 30 de setembro a 3 de outubro, o coração da vila de Vieira do Minho volta a exibir «um cartaz de grande significado popular e cultural para as nossas gentes e os milhares de visitantes que esperamos», resumiu, ontem, o presidente do Município, António Cardoso, na apresentação do programa da Feira da Ladra. O autarca acrescentou que as festas concelhias «exibem e valorizam as mais puras tradições populares, os usos e costumes do nosso concelho, acima de tudo a dinâmica do mundo rural», mas também são «momento de diversão, convívio, entretenimento e, sobretudo, um excelente veículo de promoção do nosso território». Por isso, mais uma vez e se o tempo ajudar, «voltamos a esperar mui- tos milhares de visitantes para «ver, celebrar e saborear o que temos de melhor».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up