Fotografia: DR

Vitória SC quer ser protagonista e «assumir o jogo» com Arouca

Técnico do VItória SC salientou que os seus pupilos devem «focar-se no que conseguem controlar».

Redação/Lusa
18 Set 2022

O treinador do Vitória de Guimarães, Moreno, afirmou, ontem, que os minhotos querem «assumir desde o primeiro minuto» o jogo com o Arouca, a contar para a sexta jornada da I Liga, mas de «forma equilibrada».

O ‘timoneiro’ vimaranense realçou que «as expetativas são boas», após uma «semana de trabalho que correu bem», mas avisou que a formação da serra da Freita tem um plantel com um «núcleo duro» formado por elementos como Arsénio, Basso e Quaresma e uma equipa técnica «muito competente», liderada por Armando Evangelista, seu antigo treinador, pelo que espera «dificuldades».

«Não conseguimos controlar o que o Arouca vai apresentar. Queremos assumir desde o primeiro minuto que queremos ganhar o jogo, mas de forma muito equilibrada. Se quisermos ganhar nos primeiros 10 minutos, podemo-nos desequilibrar. Se ficarmos em desvantagem, pode ser mais difícil recuperar», frisou, na antevisão ao desafio marcado para as 15h30 de hoje, em Arouca, com arbitragem de Fábio Veríssimo (AF Leiria).

O ‘timoneiro’ vitoriano pediu, assim, uma equipa a «circular a bola de forma rápida», com «muitos homens em zona de finalização», a «rematar mais à baliza», para superar um adversário repleto de «atletas interessantes», que poderiam integrar o plantel vimaranense, e dar sequência ao triunfo da ronda anterior, perante o Santa Clara (1-0).

«Vamos tentar consolidar a vitória da semana passada e melhorar a qualidade de jogo. Esperemos que o último resultado nos possa dar tranquilidade para o jogo de amanhã [domingo]», frisou.

Convencido de que o triunfo pode ajudar os minhotos a subirem na classificação, Moreno salientou ainda que os seus pupilos devem «focar-se no que conseguem controlar», evitando pensar no centenário do Vitória – assinala-se na quinta-feira – e na interrupção competitiva que se aproxima, situações que foram motivo de alerta numa das palestras semanais.

Feliz por chamada de trio aos sub-21

O treinador dos minhotos comentou,  ainda, a chamada de André Amaro à seleção nacional de sub-21, a par dos também vitorianos Zé Carlos e Celton Biai, tendo vincado que o desempenho do central neste início de época, quase sempre a titular, é fruto de «um trabalho meritório» de vários técnicos da formação.

Já a propósito do médio defensivo Ibrahima Bamba, titular nos últimos cinco jogos do campeonato, Moreno enalteceu as condições do médio italiano de 20 anos para «subir a um patamar ainda mais alto», mas lembrou que «não está tudo perfeito», havendo «muita coisa para melhorar».





Notícias relacionadas


Scroll Up