Fotografia: António Araújo

«Sofremos juntos e a vitória é inteiramente justa»

Artur Jorge destacou a ambição da equipa em todos os momentos do jogo.

Luís Filipe Silva
12 Set 2022

Artur Jorge acabou por sofrer mais do que estava previsto, tendo em conta o desenrolar da partida, mas elogiou a capacidade de sofrimento da equipa no momento mais difícil do jogo.

«De uma forma geral, digo que tivemos uma primeira parte dominadora, com dois golos. Fomos eficazes e não permitimos oportunidades ao adversário. Definimos o tempo de jogo e pusemo-nos em vantagem, o que deu alguma tranquilidade. Na segunda parte, sabíamos que ia haver reação do adversário, que procurou a profundidade. Depois do 3-0, tivemos duas oportunidades claras e não fizemos golo. O adversário fez dois golos e renasceu, tivemos de sofrer naquele momento. Vimos uma equipa que, mesmo em fadiga, conseguiu segurar um resultado conquistado com toda a justiça», começou por referir o treinador na flash interview da Sport TV.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up