Fotografia: DM

Famílias “rumam” a Tibães para participar no universo encantado do “Ouvidoria”

Sessões de contos, espetáculos, oficinas artísticas, teatro e jogos transformam o Mosteiro num palco de excelência.

Carla Esteves
11 Set 2022

Quem ontem se dirigiu ao Mosteiro de Tibães e hoje decidir lá voltar vai encontrar um autêntico mundo encantado, onde os contos ganham vida e transportam famílias inteiras para um imaginário em que é permitido voltar a ser criança.

Nos mais belos e inesperados recantos do Mosteiro de Tibães pais, filhos e avós, desfrutam da companhia uns dos outros ao som dos mais inspiradores narradores e contadores de histórias do país. O resultado desta edição da “Ouvidoria – Encontro de Contadores de Histórias de Braga” só pode mesmo ser constatado ao vivo, lá, onde a realidade e o sonho descobrem como transpor a ténue linha que os divide.

Este sábado, famílias inteiras com crianças detodas as idades, incluindo bebés de colo, habitaram as salas do Mosteiro, emprestando-lhes vida e alegria, e tiveram a oportunidade de desfrutar de sessões de contos, magia, peças de teatro, exposições, espetáculos, contos de terror, oficinas artísticas, jogos e circuitos.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up