Fotografia: DM

Preciosidades documentais de Vila Verde disponíveis na Biblioteca Digital do Cávado

A apresentação da Aqualibri integrou uma tertúlia com a presidente da Câmara de Vila Verde.

José Carlos Ferreira
9 Set 2022

A diretora da Biblioteca Municipal Professor Machado Vilela, em Vila Verde, apresentou ontem a diversidade documental que este equipamento cultural colocou à disposição na Biblioteca Digital do Cávado – Aqualibri. Segundo Manuela Barreto Nunes, são várias preciosidades documentais que passam a estar disponíveis através da internet sem ser necessário ir a Vila Verde e sem colocar em causa o estado de conservação destes documentos. A preciosidade mais antiga que a Biblioteca Municipal Professor Machado Vilela disponibilizou na Aqualibri é um livro de Erasmo de Roterdão editado em 1542. Trata-se de uma edição raríssima sobre a preparação para a morte que pertence à Biblioteca de Vila Verde e que, depois de digitalizada, está agora ao dispor de todos na Biblioteca Digital do Cávado.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]
 





Notícias relacionadas


Scroll Up