Fotografia: Avelino Lima

Fusão de IPSS apontada como solução para a crise

Presidente da união distrital das IPSS de Braga alerta para novos riscos causados pela inflação e pela guerra.

Joaquim Martins Fernandes
5 Set 2022

Com financiamento garantido para a construção dos novos equipamentos, o Centro Social da Paróquia de São José de São Lázaro assegura que tanto a nova creche como a Estrutura Residencial para Pessoas Idosas vão abrir portas assim que as obras estiverem concluídas.

«Serão custos elevados para a instituição, mas iremos esgravatar para garantir uma gestão sustentável», garante o presidente da instituição. Roberto Rosmaninho Mariz estima que a creche esteja concluída ainda em 2023 e aponta a conclusão do lar de idosos para 2024, que coincide com o prazo limite definido na candidatura. Mas não esconde que os protocolos com a Segurança Social são determinantes para o normal funcionamento de todas as IPSS, que continuam a enfrentar grandes desafios ao nível da sustentabilidade financeira.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up