Fotografia: Avelino Lima

Devoção mantém vivas as Festas da Senhora da Consolação em Nogueiró

A chuva desta tarde levou ao cancelamento da procissão e da atuação do Grupo Folclórico de Vilaça. Ainda assim, a tradição cumpriu-se com uma aclamação de flores à Nossa Senhora da Consolação.

Rita Cunha
4 Set 2022

As Festas em Honra de Nossa Senhora da Consolação voltaram a realizar-se em Nogueiró, com um programa que começou na sexta-feira e terminou ontem. Uma manifestação de fé que, segundo o presidente da Junta de Freguesia, se mantém graças à devoção e empenho dos que ali habitam, sendo difícil chegar a quem é de fora.

«Esta é uma festa da aldeia para a aldeia, não vem muita gente de fora, a não ser o que são de cá mas estão fora», explicou, lamentando que, este ano, a festa tenha tido a árdua tarefa de competir com a Noite Branca que se realizou nos mesmos dias, «algo que não era costume».

Ainda assim, e apesar de na sexta-feira as festas contarem com «pouca gente», o sábado já registou uma afluência animadora. Este costuma, aliás, ser o dia mais forte, e este ano voltou a confirmar-se. Para atrair tanto crianças como adultos, a organização das festas criou um programa recreativo com insufláveis para as crianças e jogos, como a sueca e o fito, para os adultos. A ideia é chamar cada vez mais pessoas da freguesia, que tem crescido bastante nos últimos anos, de modo a que ganhem gosto e carinho pelas festas e lhe deem continuidade.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up