Fotografia: DM

Autarcas do Alto Minho e Galiza exigem melhoria de estrada transfronteiriça

Carta reivindicativa, assinada ontem na Fronteira da Madalena, segue para os governos português e espanhol.

Jorge Oliveira
1 Set 2022

Autarcas do Alto Minho e da Galiza exigem aos governos de Portugal e de Espanha a concretização, com a «maior brevidade», da melhoria da estrada que liga Arcos de Valdevez e Ponte da Barca a Celenova, em Ourense. Numa carta reivindicativa, assinada ontem na fronteira da Madalena, no Lindoso, Ponte da Barca, os autarcas dos dois lados da fronteira justificam que a concretização da ligação do Itinerário Complementar 28 (IC 28) à fronteira e desta a Celanova, numa extensão de 60 quilómetros, «é de extrema importância para o incremento da cooperação, da atratividade e da competitividade desta região transfronteiriça». No ato de assinatura da carta, dirigida ao primeiro-ministro de Portugal, António Costa, e ao presidente do Governo espanhol, Pedro Sánchez, o presidente da Câmara Municipal de Ponte da Barca referiu que esta estrada, datada dos anos 80 do século XX, tem um «traçado sinuoso, com «alguns pontos bastantes críticos», constituindo um «perigo» para a circulação. Segundo Augusto Marinho, o tráfego tem «aumentado muito», sendo a via atravessada «não só por trabalhadores transfronteiriços, mas sobre tudo por transportes de mercadorias, o que evidencia a importância que tem para toda a região».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]
 





Notícias relacionadas


Scroll Up