Fotografia: DR

Voluntários concretizam sonhos de crianças institucionalizadas

“Os Sonhadores” esperam que mais “padrinhos” apoiem o projeto.

Luísa Teresa Ribeiro
25 Ago 2022

Andar de comboio ou de avião, ir à praia, ter uma boneca gigante, uma guitarra elétrica ou uma bicicleta e conhecer o cantor Tony Carreira são exemplos dos sonhos de crianças institucionalizadas que já foram concretizados graças a um grupo de voluntários que se autointitula “Os Sonhadores”.

Este grupo de amigos mobilizou-se para concretizar os sonhos de crianças de três instituições de acolhimento da cidade de Bragança: Lar de São Francisco, Obra Kolping e Casa de Trabalho. Cada criança escreveu num postal o seu maior sonho, que agora “Os Sonhadores” procuram concretizar com a ajuda da comunidade.

O lema da campanha é “Porque o Sonho de uma Criança também é uma Emergência” e pretende, com estes pequenos mimos, «escrever uma página de alegria na história destas crianças» a quem a vida trocou as voltas em tenra idade.

Para além de uma página de Facebook, que pode servir de canal de comunicação, “Os Sonhadores” têm o email sonhadores.braganca@gmail.com através do qual as pessoas interessadas podem comunicar o sonho que pretendem apadrinhar.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up