Fotografia: DR

«Senti necessidade de mudar após um ano desgastante»

Paulinho deixou o FC Amares e está de regresso ao GD Prado.

José Costa Lima
25 Ago 2022

O GD Prado está de regresso ao trabalho e prepara a entrada em cena na Pró-Nacional, agendado para 10 de setembro. A equipa treinada por Rui Vasquinho assume a vontade de terminar entre os quatro primeiros lugares da tabela na fase regular e para isso conta com colaboração de alguns reforços. Um deles é Paulinho, guarda-redes que deixou o vizinho FC Amares e se juntou ao emblema pradense, que já havia representado no passado.

«A vontade que o clube mostrou em contar comigo nesta temporada foi decisiva para o meu regresso ao Prado», começou por dizer o guarda-redes de 36 anos, admitindo que «a época passada foi desgastante».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up