Fotografia: DM

Angela Merkel distinguida com Prémio da Paz da UNESCO

Em reconhecimento dos seus esforços para acolher refugiados.

24 Ago 2022

A antiga chanceler alemã Angela Merkel foi ontem distinguida com o Prémio da Paz Félix Houphouët-Boigny da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), em reconhecimento dos seus esforços para acolher refugiados, divulgou a entidade.

«Todos os membros do júri ficaram sensibilizados pela sua corajosa decisão em 2015 de acolher mais de 1,2 milhões de refugiados, nomeadamente da Síria, Iraque, Afeganistão e Eritreia. Este é o legado que ela deixa», afirmou o presidente do júri e prémio Nobel da Paz de 2018, o médico congolês Denis Mukwege.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up