Fotografia: DR

Festa da História em Cerveira inclui mercado medieval e acampamento ‘viking’

Durante quatro dias, os visitantes serão “teletransportandos” para uma viagem histórica memorável.

Redação/Lusa
16 Ago 2022

Vila Nova de Cerveira vai ser palco, entre quinta-feira e domingo, da Festa da História que inclui mercado medieval, acampamento ‘viking’, encenações teatrais e animação de rua, foi hoje anunciado.

Em comunicado enviado às redações, a autarquia adiantou que durante quatro dias a Festa da História vai realizar-se um pouco por toda a vila, “teletransportando” os visitantes para “uma viagem histórica memorável”.

O certame arranca na quinta-feira, às 17:00, com arruada de música e malabares, à qual se segue a invasão ‘viking’ (os invasores vão chegar de barca pelo rio Minho) e o cortejo medieval que contará com a presença do executivo municipal e terminará no Castelo de Cerveira onde será proferido e encenado o discurso de abertura oficial da Festa da História.

Durante quatro dias, “o mercado medieval vai recriar os hábitos e as vivências da época e a arte que então se produzia”.

Mercadores e artesãos vão encher as ruas, demonstrando ofícios. Encenações teatrais e animação de rua, com homens de armas, nobres, clérigos, homens e mulheres do povo, revelam histórias do quotidiano.

Degustação de iguarias, música nas tabernas, espetáculos de fogo, voo de aves de rapina, arte da cetraria e torneio a cavalo são algumas das propostas para quem visitar o certame.

Será, ainda, possível visitar o acampamento e assistir a um casamento ‘viking’, entre muitos outros momentos de grande animação e recriação histórica, numa organização da Câmara de Vila Nova de Cerveira e produção da Associação Velha Lamparina.





Notícias relacionadas


Scroll Up