Fotografia: DR

Esposende perpetua pescadores e moleiros em novas obras de arte

Obras de Juan Domingues decoram Rua Central e Marinhas.

16 Ago 2022

O Município de Esposende inaugurou as obras de arte que evocam duas comunidades com relevante vínculo sociológico ao concelho: os pescadores e os moleiros. A rua da Central, em Esposende, e o Campo de São Miguel, em Marinhas, passam agora a integrar o roteiro de arte urbana do concelho.

“Continuum” e “Moleirinhas”, da autoria do artista Juan Domingues, foram produzidas no âmbito do programa de intervenções artísticas e comunidade “No Minho não há aldeia melhor do que a minha!”, que cruza arte em espaço público, artesanato, fotografia, música, dança e literatura, em 24 municípios minhotos das as Comunidades Intermunicipais do Alto Minho, Ave e Cávado.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up