Fotografia: DR

Campo da Ponte é a «solução mais viável»

Manuel Rocha deixa críticas à CM Braga, ameaça abandonar presidência, mas indica a «melhor alternativa».

José Costa Lima
16 Ago 2022

Manuel Rocha está a ponderar «seriamente» não continuar à frente da direção do São Paio d’Arcos. O dirigente mostra-se «cansado» de «promessas feitas e não cumpridas» por parte do atual presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, sobre as obras de alargamento do Campo das Covinhas, casa-mãe do clube que compete na Pró-Nacional da AF Braga.

«O ano passado, o presidente da autarquia, em pleno relvado do Campo das Covinhas, incentivou-me a continuar na presidência. Eu não queria ficar, queria abandonar, mas ele disse-me que não, prometendo-me que iria fazer as obras para jogarmos no nosso campo já esta temporada. A verdade é que a obra não foi feita e estou cansado de andar com a casa às costas em todos os jogos», disse Manuel Rocha ao nosso jornal.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up