Fotografia: DR

Centralidade das políticas está no «futuro da juventude»

Diz a ministra dos Assuntos Parlamentares, Ana Catarina Mendes.

Redação/Lusa
13 Ago 2022

A ministra-adjunta e dos Assuntos Parlamentares defendeu ontem que a «centralidade das políticas públicas» está no «futuro da juventude» e salientou que é «absolutamente essencial» colocar os jovens como «líderes da comunidade» para combater populismos.

«A centralidade das políticas públicas está no futuro da juventude, em melhores empregos, melhor capacidade de qualificações e de competências, melhores rendimentos e, sobretudo, realização pessoal e profissional no seu país ou em qualquer ponto onde queiram fazer a sua vida e construir a sua vida», afirmou Ana Catarina Mendes, a discursar na inauguração da nova Pousada da Juventude em Vila do Conde.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up