Fotografia: Miguel Vargas

Património de Bragança proporciona viagem pela história

Bragança tem monumentos que convidam a uma fascinante viagem pela história.
Um percurso por este rico legado patrimonial permite (re)descobrir episódios que se entrelaçam com a história nacional e mergulhar na identidade local.

Luísa Teresa Ribeiro
12 Ago 2022

Descobrir a origem das festas de inverno de Trás-os-Montes, em que personagens saem à rua envergando máscaras e fatos coloridos, como os famosos Caretos, ver o local do casamento secreto de Pedro e Inês ou remontar à fundação da Casa de Bragança são alguns dos “achados” de quem percorre o centro histórico de Bragança. Para além da beleza das construções, os monumentos convidam a desvendar calmamente as empolgantes histórias que compõe a História, num percurso de séculos. A cidadela, recinto muralhado que já fez parte de uma cerca muito mais vasta, é o ícone por excelência de Bragança. A muralha original remonta ao século XII, da qual resta a Porta da Vila, pela qual entramos no núcleo urbano mais antigo da cidade. A visita é guiada por Luís Costa, da empresa turística “Anda d’Í”, numa iniciativa promovida pela Associação Comercial, Industrial e Serviços de Bragança (ACISB).
[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up