Fotografia: DR

Barcelos investe 74.500 euros para remover espécies invasoras do rio Cávado

A Câmara de Barcelos assinou hoje o contrato de limpeza do rio Cávado, no valor de 74.500 euros e com vigência por um ano, anunciou o município.

Redação/LUSA
12 Ago 2022

Em comunicado, o município refere que esta adjudicação de trabalhos acontece “três anos após se ter deixado de proceder à limpeza das águas do rio, no curso que faz parte do território barcelense”.

O objetivo desta prestação de serviços é a contenção e limpeza de espécies de vegetação aquática exótica invasora existentes no rio Cávado, tanto no leito como nas margens, e a realização de ações de sensibilização ambiental.

Em causa espécies como o jacinto-de-água, a pinheirinha-de-água, a elódea-densa e a azola.

Pretende-se ainda a remoção de todo o tipo de resíduos, incluindo os de grandes dimensões, como os “monstros domésticos”.

“Com estas operações de limpeza, além da valorização e preservação do rio, pretende-se efetuar uma série de diagnósticos e detetar focos de poluição”, acrescenta o comunicado.

Na contratação destes serviços, está incluída a realização de até 12 sessões de sensibilização da população escolar e comunidade em geral para a proteção e valorização da biodiversidade e para o problema das invasoras, bem como a realização de até 24 passeios interpretativos de barco para dar a conhecer o trabalho desenvolvido para melhorar o estado do ecossistema ribeirinho.





Notícias relacionadas


Scroll Up