Fotografia: DR

Vandalismo de adeptos croatas segue para inquérito e UEFA

Presidente da Câmara de Guimarães exige consequências de incidente violento.

Redação
11 Ago 2022

O presidente da Câmara de Guimarães, Domingos Bragança, assegurou, ontem, ter recebido «garantias» do ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, que foram acionados todos os elementos policiais necessários para garantir a segurança pública, no decurso do jogo entre o Vitória e o Hajduk Split, e que os distíurbios provocados por adeptos croatas no centro histórico da cidade serão levados às instâncias do futebol, nomeadamente à UEFA. O edil vimaranense reagiu, ontem, com indignação aos incidentes provocados por um grupo organizado afeto ao Hadjuk Split, que geraram o pânico na noite de terça-feira, no centro histórico de Guimarães. Em comunicado, Domingos Bragança disse ter mantido contactos com o ministro da Administração Interna e com os comandos da PSP de Guimarães e do Distrito de Braga, exigindo que seja aberto um inquérito para que se apurem as responsabilidades pelo sucedido.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]
 





Notícias relacionadas


Scroll Up