Fotografia: DR

Cardeal António Marto pede aos jovens para construírem um mundo “mais verdadeiro”

Celebração da missa, esta manhã, assinalou o encerramento da Peregrinação Europeia da Juventude (PEJ2022), em Santiago de Compostela.

Redação/Lusa
7 Ago 2022

O cardeal António Marto, bispo emérito de Leiria-Fátima, pediu hoje aos jovens para se empenharem na construção de um mundo “mais verdadeiro e belo” e onde a paz prevaleça sobre a guerra.

Durante a celebração da missa que assinalou o encerramento da Peregrinação Europeia da Juventude (PEJ2022), em Santiago de Compostela, Espanha, à qual presidiu como enviado especial do Papa Francisco, o cardeal pediu-lhes ainda para “não deixarem ninguém para trás, esquecido, ignorado ou abandonado”.

“Queridos jovens cada um de vós pode responder a esta palavra de Jesus e empenhar-se de todo o coração na construção de um mundo mais verdadeiro e mais belo para todos, onde todos somos irmãos na fé e na vida, onde ninguém é salvo sozinho, onde ninguém é deixado para trás, esquecido, ignorado, abandonado e onde a paz prevalece sobre a guerra”, disse perante cerca de 12 mil jovens de diferentes nacionalidades que “pintavam” o Monte del Gozo, onde decorreu a eucaristia, de amarelo e azul, as cores da PEJ2022.

No final da sua intervenção, e dirigindo-se aos jovens em português, espanhol, italiano e alemão, o bispo emérito de Leiria-Fátima disse que esperava vê-los em 2023, em Lisboa, aquando da Jornada Mundial da Juventude (JMJ).

“Encontramo-nos em Lisboa na JMJ2023”, disse.

A PEJ2022, que hoje terminou, acolheu desde quarta-feira cerca de 12 mil jovens vindos de diferentes países europeus em peregrinação pelos 11 roteiros do Caminho de Santiago.

Além dos jovens estiveram ainda presentes 55 bispos de Espanha, Itália e Portugal, 370 sacerdotes e 400 membros que se dedicam à “vida consagrada”.

Ao longo destes dias, os jovens, além dos momentos de formação, oração e catequese, puderam participar em diferentes oficinas, espetáculos, concertos e visitas culturais.

No local, os jovens que fizeram a peregrinação e que foram ouvidos pela Lusa contaram ter sido uma “experiência única”, mas sobretudo uma “rampa de lançamento” para a JMJ2023.

Lisboa foi a cidade escolhida pelo Papa Francisco para a próxima edição da Jornada Mundial da Juventude, que vai decorrer entre os dias 01 e 06 de agosto de 2023, prevendo-se a participação de centenas de milhares de jovens e do Papa Francisco, com as principais cerimónias a terem lugar no Parque Tejo, a norte do Parque das Nações, na margem ribeirinha do Tejo, em terrenos dos concelhos de Lisboa e Loures.





Notícias relacionadas


Scroll Up