Fotografia: DR

«É uma vantagem termos dois jogadores por posição»

Treinador do FC Famalicão faz a antevisão ao duelo com o Estoril

Redação/Lusa
5 Ago 2022

O treinador do Famalicão admitiu hoje estar à espera de um bom arranque de I Liga de futebol, com um “bom espetáculo” frente ao Estoril Praia, salientando a vontade de conquistar os três pontos na jornada inaugural.

“Todas as equipas se vão apresentar de forma diferente porque há saídas, entradas e renovação de ideias. O Famalicão e o Estoril vão ser duas equipas a querer jogar bom futebol e com ambição de ganhar todos os jogos. Espero um bom espetáculo”, disse o treinador, em conferência de antevisão da partida que se realiza no sábado.

O técnico famalicense acredita que o equilíbrio da equipa é uma “mais-valia” esta época, em contraste com o cenário das duas épocas anteriores.

“É uma vantagem e uma mais-valia termos atualmente já dois jogadores por posição. Foi identificada a consequência do crescimento de uma equipa que se quis estabilizar na Liga nos anos anteriores. Nesta pré-época foi identificada essa lacuna, foi corrigida e conseguimos estabelecer uma base de treino ideal nesta época”, disse.

Sobre as movimentações no mercado, Rui Pedro Silva sublinhou a importância de fazer um “planeamento antecipado”, garantindo que está preparado para “oportunidades de negócio”.

“O nível de profissionalismo com que se trabalha é este: ter um planeamento antecipado, ter um projeto ambicioso, sabendo ques se sair um jogador, temos dois ou três alvos identificados. Ao mesmo tempo, não pretendemos perder oito titulares e construir uma equipa nova. Sabemos que, a qualquer momento, estamos suscetíveis a saídas. Temos de estar preparados para oportunidades de negócio”, frisou.

O treinador do Famalicão falou ainda dos rumores que dão conta do interesse do FC Porto no guarda-redes Luiz Júnior, não descartando qualquer hipótese.

“Gostava que ele ficasse. Se estamos preparados? Estamos prontos, porque sabemos que isso acontece. Está completamente focado e muito tranquilo”, afirmou o técnico.

Rui Pedro Silva voltou a abordar o objetivo do Famalicão para a I Liga 2022/23, recusando confirmar se os minhotos têm em mente uma possível presença nas competições europeias da próxima temporada.

“As últimas épocas do Famalicão estão muito próximas do quinto lugar, mas não gosto de fazer projeções a longo prazo. O nosso objetivo tem de ser a curto prazo. Se o foco for esse, vamo-nos esquecer do objetivo principal que é jogo a jogo”, finalizou.

O Famalicão desloca-se sábado ao reduto do Estoril, às 18:00, numa partida da primeira jornada da I Liga portuguesa de futebol, que será arbitrada por Nuno Almeida, da Associação de Futebol do Algarve.





Notícias relacionadas


Scroll Up