Fotografia: DR

Fafe garante 12 milhões para acabar com habitação indigna no concelho

Câmara formaliza acordo do programa 1.º Direito.

Rui de Lemos
28 Jul 2022

O ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, e a secretária de Estado da Habitação homologaram, ontem, em Fafe, o acordo de colaboração, assinado entre o Município e o IHRU, no âmbito do programa 1.º Direito – Programa de Apoio ao Acesso à Habitação. O acordo garante o acesso a um financiamento global que ascende aos 12 milhões de euros para responder à carencia habitacional indigna de um total de 214 famílias.

«Não é justo que tenhamos famílias a viver em situação de indignidade e só seremos comunidade inteira quando garantirmos a toda a gente uma vida digna. Quero que Fafe conte connosco para concretizar este e outros objetivos», suportou e garantiu, ontem, o ministro Pedro Nuno Santos na cerimónia de homologação daquele acordo de colaboração no âmbito do 1.º Direito. O documento prevê um investimento global de 12 milhões de euros ao longo dos próximos quatro anos para acabar com as condições indignas de habitação no concelho.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up