Fotografia: Avelino Lima

Privado e público desafiados a trabalharem juntos para a transição digital na educação

O seminário juntou intervenientes e público de várias áreas da educação.

Carla Esteves
14 Jul 2022

A vereadora da Educação da Câmara Municipal de Braga apelou, ontem, a que os setores privado e público trabalhem em conjunto, na área da educação, para que «a transição digital possa ser equitativa e promotora de coesão territorial». Carla Sepúlveda falava durante a sessão de abertura do seminário “Transformação Digital na Educação”, que se realizou no Instituto de Educação da Universidade do Minho, promovido pela OEI (Organização dos Estados Ibero-americanos para Educação, Ciência e Cultura), em parceria com a UMinho, contando com o apoio do Ministério da Educação de Portugal, da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

O seminário permitiu abordar os desafios e oportunidades da digitalização para a Educação, e teve como grande objetivo promover o encontro de decisores e especialistas e incentivar a partilha de pensamento e experiências, contribuindo para a tomada de decisão informada e a adequação das opções de política pública.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up