Fotografia: DR

Caminho Jacobeu: Braga-Barca-Monção-Santiago

Arcebispo de Braga esteve na apresentação do livro de Càstor Pérez Casal.

13 Jul 2022

Em 1998, Càstor Pérez Casal, natural e residente em Celanova, formado em História e Geografia, deparou, sem contar, com documentação de Padrenda, concelho fronteiriço de Melgaço, do outro lado do rio Trancoso, marginando com as freguesias de Cristóval e Fiães, que apontava para a existência de nada menos que quatro hospitais de peregrinos naquele concelho. Não podia ser só para gente que partisse dessa paróquia galega, outrora chamada Rompecilha e que esteve ligada a Melgaço até finais do século XIX.

O trabalho de investigação que foi desenvolvendo teve o seu corolário no livro: “Camiño Xacobeo Miñoto Ribeiro”, de 2010, de 100 páginas, formato 21 x 13 cm, editado pela Deputación de Ourense. O título do livro era um feliz achado que bem definia o percurso que, partindo de Braga, capital do Minho, atravessando parte do Minho interior: Vila Verde, Ponte da Barca, Arcos, Monção, conta a partir deste concelho com a companhia do rio Minho, do lado esquerdo, que acompanha os peregrinos por Melgaço, Cevide (em Cristóval), Padrenda, até Ribadavia (capital do famoso vinho do Ribeiro) seguindo pela outra margem até Santiago.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up