Fotografia: DR

Secretário de Estado aposta no alto rendimento e promete apoio olímpico «histórico»

Entre 25 de junho e 6 de julho, em Oran, Argélia, Portugal conquistou 25 medalhas, sete das quais de ouro, num evento que contou com mais de três mil atletas de 26 países, com uma comitiva 159 atletas portugueses em 20 disciplinas.

Redação/Lusa
12 Jul 2022

O secretário de Estado da Juventude e do Desporto (SEJD), João Paulo Correia, afirmou hoje que o alto rendimento é “aposta” do Governo “no curto prazo” e prometeu apoio “histórico” à preparação olímpica e paralímpica para Paris2024.

“O alto rendimento é uma das apostas do Governo no curto prazo. O apoio do Governo será histórico, quer para a preparação olímpica, quer para a paralímpica. Representará um dos maiores aumentos de sempre para as duas preparações”, afirmou João Paulo Correia.

O governante respondia a questões na nave de atletismo Moniz Pereira, à margem de uma visita a vários dos polos do Centro de Alto Rendimento (CAR) do Centro Desportivo Nacional do Jamor, em Oeiras.

“Acima de tudo, percebemos que o desporto português vive um bom momento. Os Jogos do Mediterrâneo também provaram isso. Há uma jovem geração de atletas que tem resultados promissores”, declarou.

Entre 25 de junho e 06 de julho, em Oran, Argélia, Portugal conquistou 25 medalhas, sete das quais de ouro, num evento que contou com mais de três mil atletas de 26 países, com uma comitiva 159 atletas portugueses em 20 disciplinas.

João Paulo Correia adiantou ainda que “já está em curso o alargamento da rede de unidades de apoio ao alto rendimento nas escolas, de 19 para 23”, com o objetivo de que, “dentro de poucos meses”, haja “cerca de 750 atletas, que frequentem a escolaridade do quinto ao 12.º ano”, a poderem conciliar melhor a vida desportiva com a vida escolar.





Notícias relacionadas


Scroll Up