Fotografia: Avelino Lima

Fiéis integram guerra na Ucrânia em peregrinação centrada na paz

Arcipreste de Fafe denuncia «loucura e malvadez» que atentam contra a vida humana.

Joaquim Martins Fernandes
11 Jul 2022

Os muitos milhares de fiéis que ontem participaram na peregrinação de Nossa Senhora de Antime, integraram na longa caminhada de fé os apelos à paz na Ucrânia, assumindo o desafio lançado pelo arcipreste José António Carneiro para que em Antime se caminhasse pela paz. O apelo ao fim da guerra ganhou especial simbolismo numa larga de pombas, que ocorreu no momento em que a Senhora de Antime (Senhora da Misericórdia) se encontrou com a Senhora das Dores, no meio da Ponte de S. José.

«Neste lugar de encontro e de união entre duas comunidades, e animados pela proteção da mesma mãe, estamos juntos para homenagear Maria e com ela caminharmos em favor da paz», foi a mensagem central dirigida aos peregrinos.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up