Fotografia: Avelino Lima

Políticas do tempo da ‘geringonça’ aumentaram preços no acesso à habitação em todo o país

Joaquim Barbosa critica Governo e defende coligação “Juntos por Braga”.

Rui de Lemos
7 Jul 2022

O comentador e dirigente social-democrata Joaquim Barbosa não tem dúvidas que «a política habitacional do país que apareceu desde os governos da ‘geringonça’ transformou as rendas de casa e os custos de habitação para muito mais caros do que eram antes». Defendendo o executivo municipal e a coligação “Juntos por Braga” das críticas dos representates políticos da esquerda no programa “Trio de Quatro”, o representante do PSD acrescentou que, «muito antes da guerra e da pandemia, os preços de habitação em todo o país aumentaram de maneira exponencial».

Num debate permanentemente aceso e com trocas de galhardetes políticos de parte a parte, o socialista Pedro Sousa reagiu àquela acusação afirmando que Joaquim Barbosa «não pode dizer o que quer, atirar para o ar e ficar sem resposta», além de que «há um estudo da Entidade Reguladora da Promoção Imobiliária que explica muito bem quais foram os fatores na Europa e no Mundo do aumento dos custos da habitação e o Joaquim quer imputar essa responsabilidade ao Governo e às políticas públicas, quando aquilo que fica claro é que se não fosse isso a situação estaria bastante pior».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up