Fotografia: FC Vizela

FC Vizela quer «superar» ano transato, mantendo permanência como objetivo principal

Apesar de “tranquilo” quanto ao plantel, até pela “base de 20 jogadores” que transitou da época passada, Diogo Godinho reconheceu que haverá “eventualmente” mais saídas, tendo assumido o “interesse de vários clubes” no avançado Cassiano, autor de nove golos em 2021/22.

Redação / Lusa
30 Jun 2022

O Vizela quer “melhorar” o 14.º lugar alcançado na edição 2021/22 da I Liga portuguesa de futebol, embora fixando a “manutenção” como principal objetivo, afirmaram hoje o treinador e o presidente dos minhotos.

Após liderar o Vizela desde o Campeonato de Portugal até à elite do futebol nacional, nas épocas 2019/20 e 2020/21, o treinador Álvaro Pacheco estreou-se no principal campeonato luso na época transata, aquela em que “evoluiu mais” e em que teve de “arranjar soluções para as quais não estava preparado”, pelo que se sente “mais capaz” de levar o plantel rumo a um lugar melhor.

“Para esta época, queremos melhorar em todos os aspetos. Isso tem a ver com a filosofia deste clube, de ser melhor todos os dias. Queremos ser capazes de nos superar: não só sermos melhores na classificação, mas também como equipa, sendo capazes de, no ataque, fazer mais golos e de, na defesa, sermos mais equilibrados, compactos e irmos crescendo”, disse aos jornalistas, antes do primeiro treino de 2022/23, no Estádio do Futebol Clube de Vizela.





Notícias relacionadas


Scroll Up