Fotografia: DR

AG da FPF mantém atual contagem dos títulos

Assim na contagem de campeonatos nacionais, o Benfica continua com 37 títulos, o FC Porto 30, o Sporting 19, enquanto Belenenses e Boavista têm um cada.

Redacção / Lusa
29 Jun 2022

A Assembleia-Geral (AG) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) rejeitou hoje a alteração na categorização das provas nacionais disputadas entre 1921 e 1938, mantendo-se a atual contagem de títulos no campeonato e na Taça de Portugal.

Na reunião magna realizada na sede da FPF, na Cidade do Futebol, a maioria dos delegados daquele órgão social federativo opôs-se à recontagem dos títulos (33), rejeitando, desta forma, os três pareceres que tinham sido levados a votação, um dos quais apresentado pelo Sporting.

Dos restantes delegados e sócios, 13 votaram favoravelmente no primeiro parecer, oito votaram a favor do terceiro e apenas um votou no segundo parecer.

Em 19 de janeiro de 2019, o assunto foi debatido na Assembleia da República (AR), tendo os vários grupos parlamentares considerado que o reconhecimento das edições do Campeonato de Portugal realizadas entre 1922 e 1938 é matéria, dada a sua especificidade, da competência da FPF.

O tema foi levado a debate na sessão plenária na AR sob a forma de uma petição liderada por Alexandre Silva Almeida, com 4.470 subscritores, que pretendia ver reconhecidos como títulos de campeão nacional as 17 edições do Campeonato de Portugal.

Campeonatos nacionais
– Benfica (37)
– FC Porto (30)
– Sporting (19)
– Belenenses e Boavista (um cada)

Taças de Portugal
Benfica (26)
FC Porto (18)
Sporting (17)
Boavista (5)
Belenenses, Sporting de Braga e Vitória de Setúbal (3 cada)
Académica de Coimbra (2)
Desportivo Aves, Vitória de Guimarães, Estrela da Amadora, Leixões e Beira-Mar (1 cada).





Notícias relacionadas


Scroll Up