Fotografia: DR

Privados vão pagar parque das Sete Fontes

Proposta de delimitação da primeira unidade de execução vai à reunião de Câmara.

Joaquim Martins Fernandes
23 Jun 2022

Os proprietários dos terrenos das Sete Fontes é que vão pagar a construção do Parque Eco-Monumental que a Câmara Municipal de Braga projetou para o local. A revelação foi feita ontem pelo presidente Ricardo Rio, na conferência de imprensa de apresentação da proposta da primeira Unidade de Execução, que é votada na reunião de vereação da próxima segunda-feira, dia 27 de junho.

«A execução do Plano de Urbanização das Sete Fontes não terá qualquer custo para a Câmara Municipal. Quer as acessibilidades, quer as construções habitacionais projetadas para o parque serão custeadas pelos privados que são os donos dos terrenos que integram a área do parque», garantiu Ricardo Rio, acrescentando que «caso algum privado não tenha interesse em assumir a sua parte no investimento, poderá ser substituído por um outro privado que também seja proprietário».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up