Fotografia: DR

Póvoa de Varzim formaliza nova reclamação sobre aterro sanitário em Barcelos

Aterro localizado em Paradela foi implementado numa área de 14 hectares e teve um custo de 28 milhões.

23 Jun 2022

A Câmara Municipal da Póvoa de Varzim formalizou, ontem, uma nova reclamação sobre a atividade de um aterro sanitário, instalado no município vizinho de Barcelos, alvo de queixas da população pela emissão de «cheiro nauseabundo».

A infraestrutura, que está localizada na freguesia barcelense de Paradela, é gerida pela empresa Resulima, responsável pela recolha de resíduos nos municípios de Arcos de Valdevez, Barcelos, Esposende, Ponte da Barca, Ponte de Lima e Viana do Castelo e entrou em funcionamento no início deste ano, mas, desde então, tem gerado a contestação dos habitantes das freguesias poveiras limítrofes de Rates e Laúndos.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up