Fotografia: DM

Irmandade da Lapinha reconfortada com a grande afluência de peregrinos

A festividade religiosa acontece sempre no domingo imediato ao dia 13 de junho.

Rui de Lemos
20 Jun 2022

A Ronda da Lapinha voltou, ontem, depois do interregno imposto pela pandemia, a registar uma grande afluência de peregrinos. «É uma grande alegria, que nos reconforta muito e que mostra a ansiedade que os devotos da Senhora da Lapinha tinham de regressarem a esta peregrinação», resumiu, ao “DM”, Fátima Dias, juíza da Irmandade.

O regresso da Ronda da Lapinha aos seus moldes tradicionais permitiu também «darmos continuidade a este rico património histórico e religioso», acrescentou Fátima Dias, assinalando que a grande afluência de devotos, ontem, ao Santuário começou a verificar-se «desde as seis horas da manhã» e ao longo de praticamente todo o dia. A festividade religiosa acontece sempre no domingo imediato ao dia 13 de junho, coincidindo com a celebração do solstício de Verão, tempo de maturação dos frutos.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up