Fotografia: Arquivo DM

Câmaras municipais dominam apoios europeus ao Alto Minho

Nas sub-regiões do Ave e do Cávado as empresas são responsáveis pelo volume de maior investimento com fundos do Norte 2020.

Joaquim Martins Fernandes
13 Jun 2022

As 10 câmaras municipais do distrito de Viana do Castelo realizaram mais investimentos que o setor empresarial financiado por fundos do Norte 2020. Até ao final do primeiro trimestre deste ano, o investimento municipal com apoio financeiro da União Europeia rondou os 150 milhões de euros. No mesmo período, os investimentos das empresas altominhotas financiados com verbas do Norte 2020 não chegou aos 116 milhões de euros. Mas nas sub-regiões do Ave e do Cávado, o investimento empresarial fica muito acima dos investimentos dos respetivos municípios.

O conjuntos dos 10 municípios que integram a Comunidade Intermunicipal do Alto Minho assumiram, até ao dia 31 de março deste ano, investimentos financiados pelo Norte 2020 – Programa Operacional Regional do Norte no valor de 149 milhões 265 mil 638 euros. Tiveram de apoios europeus 122 milhões 155 mil 324 euros, o que traduz um esforço próprio no montante de 27 milhões de euros.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up