Fotografia: DR

Lei ameaça “empurrar” mais frágeis para a eutanásia

Médico Diogo Martins afirmou lamentar a pressa dos deputados em legalizar a eutanásia.

7 Jun 2022

O presidente da Associação dos Médicos Católicos Portugueses (AMCP) disse que os projetos que visam a legalização da eutanásia vão “empurrar” as pessoas em sofrimento para esta opção, num país onde se morre mal.

«Estamos a empurrar os mais frágeis, os mais fracos, os mais idosos da nossa população para a opção da eutanásia, porque não lhes oferecemos cuidados que paliem a sua dor», refere José Diogo Ferreira Martins, em entrevista conjunta à Agência ECCLESIA e Rádio Renascença.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up