Fotografia: DR

Famalicão valoriza história e lugares evocativos de Camilo em trilho pedestre

Ao longo dos três quilómetros do percurso, caminhantes ficam a conhecer pessoas próximas e lugares de Camilo.

6 Jun 2022

O denominado «Trilho da Cangosta do Estevão» já pode ser calcorreado por exploradores modernos que buscam conhecer melhor a história e os lugares evocativos de Camilo Castelo Branco. Ao longo do caminho de três quilómetros, entre a moradia onde o escritor residiu com a sua família, em São Miguel de Seide, e a Igreja do Mosteiro de Landim, no concelho de Vila Nova de Famalicão, foi colocada sinalética identificativa do percurso, que alia o exercício físico ao conhecimento cultural, informou a autarquia.

A caminhada inaugural do percurso com identificação aconteceu na passada sexta-feira, dia 20 de maio, no âmbito da celebração da Noite Europeia dos Museus, e envolveu mais de meia centena de caminhantes, entre eles, o vereador da Cultura e do Desporto, Pedro Oliveira, refere o Município, em comunicado.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up