Fotografia: SC Braga

«Não queremos negociar o Ricardo Horta e tenho a certeza que vai ficar connosco»

António Salvador, presidente do SC Braga, garante que eventual negócio só depende dos Guerreiros.

Pedro Vieira da Silva
2 Jun 2022

O mercado de Verão continua agitado e, ontem, teve um capítulo decisivo. António Salvador, presidente do SC Braga, confirmou a existência de uma proposta do Benfica, no valor de 10 milhões de euros, por Ricardo Horta, tendo revelado que o extremo vai manter-se na pedreira em 2022/23.

«Quem decide o futuro do Ricardo Horta é o SC Braga. A única entidade que decide sobre os ativos que tem é o SC Braga. E já o disse, e repito, não estamos interessados em negociar o Ricardo Horta. E se algum clube que vai, segundo li, através de um terceiro clube pressionar para que o negócio se faça é errado e, digo mais, é preocupante para um clube, que tem a grandeza que tem, entrar por esses caminhos menos claros e não são os mais corretos», frisou, em declarações à SIC Notícias.

O líder da SAD minhota confirmou que o SC Braga «recebeu uma proposta de 10 milhões de euros» do Benfica, mas que foi «rejeitada liminarmente».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up