Fotografia: DR

Eleições do Moreirense rumo ao biénio 2022-2024 agendadas para 12 de junho

O prazo para a entrega de candidaturas decorre até às 18h00 de 09 de junho

Redação/Lusa
2 Jun 2022

As eleições do Moreirense rumo ao biénio 2022-2024 vão decorrer em 12 de junho, no auditório do Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, anunciou hoje o clube despromovido à II Liga de futebol.

De acordo com a convocatória assinada pela presidente da mesa da assembleia-geral, Serafina Pereira, o prazo para a entrega de candidaturas decorre até às 18h00 de 09 de junho, com o sufrágio calendarizado para três dias depois, entre as 12h00 e as 16h30.

“O resultado das eleições será dado a conhecer pelas 17h00, dando-se, de seguida, a investidura dos sócios eleitos”, explica o documento, num ato que se destina a eleger os novos membros da mesa da assembleia-geral, direção e conselho fiscal e disciplinar.

Caso não surjam listas concorrentes, o sufrágio vai ser anulado e substituído por uma assembleia-geral extraordinária, aprazada para 15 de junho, às 17h00, igualmente no auditório do estádio do Moreirense, que terá como ponto único da ordem de trabalhos “a apresentação de soluções para o restabelecimento da normal atividade do clube”.

Vítor Magalhães, de 70 anos, reassumiu em 2008/09 a presidência do clube da vila de Moreira de Cónegos, que já tinha dirigido entre 1996/97 e 2003/04, tendo, pelo meio, exercido um mandato à frente do ‘vizinho’ Vitória de Guimarães, de 2004/05 a 2006/07.

Os minhotos fecharam a I Liga no 16.º e antepenúltimo lugar, à frente dos ‘condenados’ Tondela – que suplantaram na 34.ª e última jornada – e Belenenses SAD, mas vacilaram no ‘play-off’ (derrota por 0-2 fora e vitória 1-0 em casa) frente ao Desportivo de Chaves, terceiro colocado da II Liga, para falharem a 13.ª presença, e nona consecutiva, na elite.





Notícias relacionadas


Scroll Up