Fotografia: DR

Vinte zonas balneares do Minho distinguidas com bandeira “Qualidade de Ouro” da Quercus

Galardão da Quercus avalia a qualidade das águas balneares em todo o país.

Rita Cunha/LUSA
1 Jun 2022

A associação ambientalista Quercus atribuiu a bandeira de “Qualidade de Ouro 2022” a 440 zonas balneares portuguesas, o maior número de sempre, sendo mais 47 praias face ao ano anterior.

Destas, 20 situam-se na região do Minho. Viana do Castelo é o concelho que lidera, com nove distinções: as praias de Afife, Amorosa, Arda, Cabedelo, Carreço, Castelo de Neiva, Ínsua, Norte e Paçô. Segue-se Esposende com cinco (Apúlia, Fão – Ofir, Ramalha, Rio de Moinhos e Suave Mar), Caminha com quatro (Azenhas – Vilar de Mouros, Caminha, Forte do Cão e Moledo) e Póvoa de Lanhoso e Vieira do Minho com uma cada (Verim e albufeiro do Ermal, respetivamente). De destacar, ainda, o concelho da Póvoa de Varzim, com oito distinções, e o de Vila do Conde, com cinco.

Este galardão avalia a qualidade das águas balneares nacionais. Das 440 praias galardoadas este ano, 359 são costeiras, 72 interiores e nove de transição, sendo que a região Tejo e Oeste voltou a registar o maior número de praias galardoadas, com 103, seguida da região do Algarve, com 86, e da região Norte, com 78. As regiões autónomas dos Açores e da Madeira também verificaram uma subida, com mais 12 e cinco praias galardoadas, respetivamente, para um total de 54 e 35.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up