Fotografia: DR

Projeto do novo mercado reajustado à atual conjuntura económica

Luís Nobre diz que o contexto mudou e não avança até ter financiamento assegurado.

Redação/Lusa
1 Jun 2022

O presidente da Câmara de Viana do Castelo informou ontem que o projeto do novo mercado municipal, a construir após a desconstrução do prédio Coutinho, vai ser «reajustado» à atual conjuntura económica.

«Há hoje um novo contexto que não existia [em 2018, ano do último reajustamento do projeto]. Muita coisa mudou e muita coisa aconteceu, nomeadamente a subida substancial dos custos associados à construção civil, quer seja na aquisição de materiais, quer seja na mão de obra», afirmou Luís Nobre.

Segundo o autarca, o reajustamento do projeto pretende ir ao encontro de «um modelo que venha a dar resposta ao atual funcionamento dos mercados, às expectativas que as pessoas têm sobre equipamentos desta natureza».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up