Fotografia: DR

CDU quer ver dissolução da SGEB efetivada

A reunião do executivo municipal decorreu, ontem, nos Paços do Concelho

Carla Esteves
31 Mai 2022

A CDU pediu, ontem, a Ricardo Rio, que fizesse um ponto de situação sobre a dissolução da SGEB — Sociedade Gestora de Equipamentos de Braga, argumentando que «esta PPP custou ao erário municipal mais 33% em 2021 do que em 2020, totalizando cerca de 5 300 000 euros» e que «mesmo depois da autarquia ter pago milhões de euros, o valor acumulado em dívidas à SGEB praticamente não sofre qualquer alteração».

Ouvidos os esclarecimentos do presidente da Câmara, Ricardo Rio, a vereadora comunista, Bárbara Seco Barros, afirmou que «teremos que aguardar pelas novas indicações do Tribunal de Contas e pelo novo enquadramento».

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up