Fotografia: Moreirense FC

Ricardo Sá Pinto suspenso por 15 dias falha ‘play-off’ de manutenção

O treinador do Moreirense foi ainda multado em 2.805 euros devido a incidentes na vitória frente ao Vizela (4-1), no sábado, da 34.ª e última jornada da I Liga.

Pedro Vieira da Silva / Lusa
19 Mai 2022

O treinador do Moreirense, Ricardo Sá Pinto, foi suspenso por 15 dias e multado em 2.805 euros devido a incidentes na vitória frente ao Vizela (4-1), no sábado, da 34.ª e última jornada da I Liga de futebol.

De acordo com o mapa de castigos divulgado hoje pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), o técnico foi punido por “lesão da honra e da reputação e denúncia caluniosa”, visível logo após o apito final do árbitro Nuno Almeida.

O triunfo do Moreirense, aliado ao empate do Tondela com o Boavista (2-2), permitiu aos minhotos subirem ao 16.º e antepenúltimo lugar, de acesso ao ‘play-off’ de permanência, com 29 pontos, justamente por troca com os beirões, que ‘caíram’ diretamente na II Liga.

A punição do CD da FPF impede Ricardo Sá Pinto de comandar os vimaranenses a partir do banco de suplentes na eliminatória frente ao Desportivo de Chaves, terceiro colocado do escalão secundário, cuja primeira mão se disputa no sábado, às 20:00, em Chaves, estando o segundo jogo agendado para 29 de maio, às 19:30, em Moreira de Cónegos.

O relatório pormenoriza que Ricardo Sá Pinto “percorreu parte do relvado em direção à bancada topo norte, onde se encontravam ainda parte dos adeptos do Vizela”, que viram “como provocatórios” “dois tipos de gestos” e palavras ditas pelo treinador dos ‘cónegos’.

“No seguimento desta atitude do treinador, os adeptos do Vizela começaram a tentar descer a bancada na direção do fosso de separação da bancada e do relvado, ao mesmo tempo que se recusavam a cumprir as ordens para saírem do recinto. Um destes adeptos voltou o seu descontentamento para os militares da GNR, que o impediam de descer os degraus da bancada, começando a injuriá-los, ao mesmo tempo que arremessou água contra os mesmos, sendo em resultado disso detido por injúrias a agente”, acrescentou.​​​​​​​





Notícias relacionadas


Scroll Up