Fotografia: DR

Cerca de 400 utentes de lares já recebeu a segunda dose de reforço contra a covid-19

Equipas foram reforçadas para que o processo decorra com a maior rapidez possível.

Rita Cunha
17 Mai 2022

Entre ontem e hoje, foram inoculados com a segunda dose de reforço da vacina contra a covid-19 cerca de 400 utentes de lares de Braga. O objetivo é, dentro de dez dias, inocular no concelho entre 1.800 a 2.000, aos que se juntam cerca de oito mil idosos com mais de 80 anos de idade que não estejam em lares e que serão convocados por mensagem ou chamada telefónica.

A informação foi transmitida por Céu Ameixinha, a enfermeira coordenadora do processo de vacinação em Braga. Ao DM, explicou que esta fase do processo, que arrancou na segunda-feira, está a «correr bem» e «dentro da normalidade». «A adesão tem sido boa. Os utentes estão recetivos, não há recusas [em tomar a vacina]. Penso que perceberam que a vacinação traz benefícios e minimiza as consequências da covid-19», referiu, sublinhando que não se têm registado efeitos adversos.

Ontem, foram administradas cem vacinas abarcando os utentes dos lares de Cabreiros, Santiago de Fraião e da Associação S. Vicente de Paulo. Hoje, foram 300 idosos de mais dois lares, desta feita do Lar Conde Agrolongo e da associação Anima Una.

[Notícia completa na edição impressa do Diário do Minho]





Notícias relacionadas


Scroll Up