Fotografia: DM

Mostra de bordados encerrou ciclo cultural dos 40 anos da visita do Papa ao Sameiro

A Mostra “Bordados e Retalhos de Alma” ficará patente durante um mês na Cripta do Sameiro

Carla Esteves
8 Mai 2022

A Cripta do Sameiro tem, desde hoje, patente a exposição “Bordados e Retalhos de Alma”, que congrega um conjunto de lenços bordados e de testemunhos escritos sobre a visita do Papa João Paulo II ao Santuário do Sameiro. Com esta mostra, que ficará patente na Cripta durante um mês,  encerra-se assim o ciclo de iniciativas culturais que a Confraria do Sameiro tem levado a cabo, no âmbito da comemoração dos 40 anos da visita do Papa, e perpetua-se a lembrança de uma das mais memoráveis visitas ao belíssimo santuário Mariano.

Perante uma audiência bem preenchida, o presidente da Confraria do Sameiro, cónego José Paulo Abreu, revelou que quando lançou o desafio não acreditava que o sucesso da iniciativa viria a ser tão grande, mas foram bordadas 11 obras primas que  ficarão expostas na Cripta juntamente com testemunhos vários, como o do próprio cónego José Paulo Abreu; do reitor do Santuário do sameiro, padre Delfim Faria; de Carlos Aguiar e outros outros nomes ilustres.

Após um mês de exposição, um júri composto por três elementos fará a escolha do lenço mais bonito, que será enviado ao Papa Francisco, com um convite anexado para que venha visitar o Santuário em 2023.

Lembrando a fragilidade da saúde do Papa, o cónego José Paulo Abreu pediu a todos que orassem por Sua Santidade, até porque a dúvida acerca da sua visita está intimamente relacionada com o seu estado de saúde.

«Estes bordados e testemunhos vêm juntar-se ao espólio que o Santuário possui sobre a visita do Papa João Paulo II, dos quais muitos objetos se encontram no Posto de turismo do Sameiro, incluindo o sabonete do Papa João Paulo II.

No próximo dia 15 de maio celebram-se, no Santuário do Sameiro, os 40 anos da vinda do Papa São João Paulo II ao Sameiro, uma data que será assinalada com uma eucaristia, procissão das crianças rumo à Basílica, com passagem diante de Nossa Senhora, onde entregarão um desenho alusivo à família e farão uma prece, seguindo-se  a visita à relíquia do Papa.





Notícias relacionadas


Scroll Up